Leitura do conto “História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar”

Alunos de 4º da ESO, aqui fica a página web dedicada à leitura de parte da “História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar”. Aqui  vais encontrar tudo o que é necessário para a leitura e realização do questionário de avaliação da leitura. 

Bom trabalho e boas leituras!

image

 

https://sites.google.com/d/1mOtDrZvYJIboaLyAH2gnkNRuwqEIGQL4/p/1y3DcX67SIzwCINTDdQ5vI8sgXwdv–Z5/edit

XVI Maratona de Leitura em Língua Portuguesa

CARTEL nueva fecha (5)

O Centro de Língua Portuguesa de Cáceres e o Centro Municipal de Juventud (Ayuntamiento de Cáceres) decidiram alterar o formato da Maratona e agora será excluvicamente em formato digital. O tema para esta edição, é “A viagem na literatura como forma de transformação” e surge para celebrar os quinhentos anos da circum-navegação que transformou o mundo, num momento em que todos devemos ajudar a salvar o planeta e desenvolver práticas de desenvolvimento sustentável, um aviso criado pela ONU através da agenda 2030.

A nossa escola já participou em edições anteriores e gostaríamos este ano contamos novamente com a participação dos alunos nesta iniciativa que divulga a Língua e a cultura portuguesa. 

A participação na maratona pode ser individual ou em grupos. Por esse motivo são aceites vídeos com leituras individuais ou várias leituras, no caso de turmas. É importante que os vídeos não sejam excessivamente grandes dado que se destinam a circular nas redes sociais (2/3 minutos máximo).

1.º passo: Selecionar um excerto da obra

2.º passo: Escolher um sítio com boa iluminação e insonorização

3.º passo: Gravar com telemóvel (na posição horizontal) ou com câmara de vídeo.

4º passo: Enviar o vídeo às vossas professoras para edição e posterior envio à organização.

 

DATA LIMITE: 20 de ABRIL

 

Aqui ficam algumas sugestões de leitura com os respetivos links: 

A cidade

Para os alunos de 1º da ESO aqui fica um site de revisão do tema: A cidade. Para acederem, basta clicarem sobre o link. 

Não se esqueçam de fazer os exercícios.

 

Bom trabalho! 

Vamos rever o vocabulário sobre a cidade.

A cidade

Leitura do conto “O Tesouro”

Aqui fica mais uma sugestão de leitura: “O Tesouro” de Manuel António Pina. 

Para leres o conto, deves clicar num dos links que aqui te apresentamos. Só depois deves responder ao questionário online. 

 ttp://www1.ci.uc.pt/cd25a/wikka.php?wakka=tesourobd

https://pt.calameo.com/read/0020057943ce80c4e1a86 

 

  O tesouro

 

QUESTIONÁRIO:

https://drive.google.com/open?id=1ZLWt2Lw8iWEH_t95sMBitSgcA6N39SeZBUfs7nhjnvw

 

Bom trabalho e boas leituras.

Leitura do Conto “A Maior Flor do Mundo” de José Saramago

Sugestão de leitura para os alunos de português  da ESO.

Leiam o conto que se encontra aqui :  a-maior-flor-do-mundo  e vejam o vídeo para posteriormente realizarem os exercícios que se seguem.

Boas leituras!

                                                                 

 

1.  Palavras Cruzadas

2. Preencher espaços

3. Completa o texto com os verbos no presente do indicativo

4. Completar a biografia de José Saramago com PPS

 

O inimigo coronavírus

A revista Visão Junior do mês de Março contém um artigo sobre um tema muito comentado na atualidade e que devemos levar muito a sério. 
                                  1121
                                      1122

1123

 

 

1124

VI Prémio Hispanico-Portugués de Poesía Ángel Campos Pampano

 

Asociación Cultural Vicente Rollano de San Vicente de Alcántara   VI Premio Hispano-Portugués de Poesía Joven Ángel Campos Pámpano, dedicado à memória do professor, poeta e tradutor sanvicenteño . Este prémio destina-se a jovens da Extremadura, Alentejo e do Instituto Giner de los Ríos de Lisboa, é uma homenagem à figura do poeta pelo seu trabalho na divulgação da poesía espanhola e portuguesa. Os trabalhos devem ser enviados até dia 24 de marzo através do email: premiocampospampano@gmail.com seguindo as indicações detalhadas que se encontram no regulamento.

 Para consultar o regulamento do concurso, clica aqui

20200203_bases_convocatoria_premio_angel_campos_g

Concurso “Histórias da Ajudaris”

                                         cartaz_Da minha janela vejo..._2

A Associação Ajudaris, em colaboraçao com o Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, promove a 2.ª edição do Histórias da Ajudaris – Da minha janela, vejo… . O tema proposto, para a 2.ª edição, para a escrita das histórias é “Língua Portuguesa — importância da nossa língua no mundo” e é destinado a alunos  com idades compreendidas entre 6 aos 14 anos. O tema é adequado aos alunos que estudam Português no estrangeiro. O objetivo do concurso é estimular a escrita de textos coletivos originais de pequenos grandes autores, e dar visibilidade à produção escrita.

Cada história é apadrinhada por um Ilustrador Solidário e todo este processo culmina com a edição de um livro com o objetivo de promover a língua portuguesa, a criatividade e solidariedade

No caso  da nossa escola, os alunos de 3º da ESO irão participar neste concurso com uns bonitos poemas.

Para mais informaçoes: Associação Ajudaris.

E para conhecer com mais detalhe o trabalho da associação, sugere-se a visualização das seguintes reportagens:

https://www.rtp.pt/play/p3027/e314024/agora-nos

https://www.rtp.pt/play/p3025/bom-dia-portugal-fim-de-semana

 

 

Os Herdeiros do Bairro

O documentário que aqui apresentamos é dirigido aos alunos de Bachillerato. 

Help Images é uma ONGD portuguesa, fundada em 2008 com o objetivo de produzir produtos de comunicação e já realizou projetos em vários países europeus, africanos e em Timor-Leste.

Os Herdeiros do Bairro é um documentário de uma hora, realizado em parceria com o Centro Social 6 de Maio e os habitantes dos antigos bairros Fontainhas, Estrela de África e em particular do Bairro 6 de Maio. Este documentário tem como objetivo principal preservar o legado destas comunidades que habitaram estes Bairros da periferia de Lisboa e da Amadora e, como objetivo maior, demonstrar a partilha de valores fundamentais de humanidade de um país que todos sentimos como nosso.

A veia poética dos nossos alunos nesta quadra natalícia

Após ler o poema sobre o Pai-Natal da escritora Luisa Ducla Soares, foi a vez dos alunos de 3º da Eso acrescentarem mais uma estrofe. 

1575972876

Imagem retirada de :https://pt.scribd.com/document/335274525/Eu-Queria-Ser-Pai-Natal-Luisa-Ducla-Soares

 

Eu queria ser Pai-Natal
E em cada casa brincar,
Trocar um sonho por um presente
e fazer a gente contente.

 Alejandro Bernal

 

Eu gostava de ser Pai-Natal
porque fazia feliz a gente,
trazia muitos presentes
e os fazia os meninos contentes. 

Elena García

 

Eu deixava os presentinhos
ao pé dos sapatinhos,
Ia tão contente,
por fazer feliz a gente. 

Alba González

 

Eu gostava de poder entregar os presentes
e desenhar um sorriso do queixo até à testa.
É muito divertido deixar os presentes
e os meninos poderem mostrar os dentes. 

Alejandro Ferreira

 

Eu queria ser Pai-Natal
porque eu gostava de ver
os meninos felizes 
com os seus presente. 

Iria González

Eu distribuia presentes,
Só às boas pessoas
As pessoas que fossem más
Só recebiam cartão. 

Alicia

Eu queria ser Pai-Natal
porque fazia a gente contente
Eu fazia presentes
para os meninos e meninas. 

Maria Margullón

Se eu fosse Pai-Natal
fazia o que fosse preciso
para fazer a gente feliz
até àquele que não estava a rir. 

Heidi Moracho

 
Eu gostava de poder
Entregar os presentes.
Eu gostava que os meninos
me entregassem a carta com remetente. 

Angelina Martín

 
Eu queria ser Pai-Natal
e ter uma barba branca
para assim fazer feliz
a quase qualquer criança.

Faine

 

Eu queria ser Pai-Natal
E deixar muitos presentes
Para deixar felicidade
e fazer contente a gente. 

Marta Parra

 

Eu queria ser Pai-Natal
Para em cada casa deixar
uma parte da minha felicidade
Sem nada mais que desejar.

Leonor  Cachadiña

 

Eu queria ser Pai-Natal
E distribuir muitos presentes,
Ter uma fábrica de brinquedos
e no Polo Norte estar quente. 

David Rebollo

 

Eu queria ser Pai-Natal
para num saco poder levar
os brinquedos que todo o mundo
terá com felicidade. 

Anónimo

 

Eu queria ser Pai-Natal
e ter todos os presentes que queria
Como ter a carta de Condução 
para poder conduzir um carro de corrida. 

Mario Ramirez

 

Eu queria ser Pai-Natal
para fazer os sonhos realidade,
fazer feliz com os presentes
e fazer a gente contente

Carmen Delgado

 

Eu queria ser Pai-Natal
e ter um fato vermelho
para poder dar
brinquedos e bonecos. 

Irene Sancho

 

Eu queria ser Pai-Natal 
para ter um carro voador
e dar ao menino sonhador
um presente de amor.

Marta Calzado

 

Eu queria ser Pai-Natal
para fazer a gente contente
dar muitos presentes
e não passar as férias doente. 

Alejandro Aza

 

Eu queria ser Pai-Natal
E ter muitas renas,
os meninos ouvem felicidade
eu eu vou pelas janelas.

Sara Nogales

 

Eu queria ser Pai-Natal
para poder trazer a felicidade
a todas as pessoas da tua cidade
e não importa a idade.

Andrea de los Ríos

 

No Natal,
Gosto muito de jantar 
muitas coisas boas
mas é no Natal,
que como mais gorduras.

Javier Zafra

 

O Natal é muito bonito,
mas também é muito branco,
Mas o mais interessante,
é estar com a gente importante. 

Jorge Ramirez